UE lança iniciativa de angariação de fundos para responder ao surto Coronavírus

    27 Abril, 2020 145

    A União Europeia associa-se a parceiros mundiais para lançar uma iniciativa de angariação de fundos – a Resposta Mundial ao Coronavírus – que vai arrancar no dia 4 de maio de 2020.

    Organização Mundial da Saúde (OMS) e as organizações mundiais de saúde lançaram um apelo conjunto à mobilização para desenvolver um acesso rápido e equitativo a instrumentos de diagnóstico, terapias e vacinas de qualidade, que sejam seguros, eficazes e a preços acessíveis para lutar contra o coronavírus.

    Para angariar fundos para apoiar este esforço, a União Europeia e os seus parceiros organizarão uma maratona mundial de angariação de fundos. Os países e as organizações de todo o mundo são convidados a participar para atingir o objetivo inicial de 7 500 milhões de euros.

    Ursula von der Leyen, Presidente da Comissão Europeia «Temos de levar o mundo, os seus dirigentes e as pessoas a unirem-se na luta contra o coronavírus. Daqui a 10 dias, lançaremos uma iniciativa mundial de angariação de fundos. Uma verdadeira maratona. Porque a luta contra o coronavírus requer uma resposta global e ações sustentadas em muitas frentes. Precisamos de desenvolver uma vacina, produzi-la e disponibilizá-la em todos os cantos do mundo. E temos de a distribuir a preços acessíveis.»

    Em todo o mundo investigadores e inovadores estão a trabalhar incansavelmente para encontrar soluções para salvar vidas e proteger a nossa saúde. A partir de 4 de maio, a Comissão procederá ao registo das promessas de donativos dos diferentes países e fundações empresariais. Nesse dia, a Comissão anunciará igualmente as próximas etapas de uma campanha mundial destinada a lançar um processo contínuo de reconstituição de recursos.

    A Comissão convida igualmente os governos, os empresários, as figuras públicas, os filantropos, os artistas e os simples cidadãos a darem a conhecer este esforço mundial de angariação de fundos. Os fundos recolhidos serão canalizados para três vertentes: os testes de diagnóstico, os tratamentos e as vacinas.

    A contagem decrescente para o início da maratona começa hoje, primeiro dia da Semana Mundial da Imunização de 2020, organizada pelas Nações Unidas. O tema deste ano é #AsVacinasFuncionam para Todos: a campanha revelará de que forma as vacinas, bem como as pessoas que as desenvolvem, que as administram e que as recebem contribuem para proteger a saúde de todos, em todo o mundo.

    Para mais informações sobre esta iniciativa e sobre a forma de participar, consultar o sítio Web da Resposta Mundial ao Coronavirus: europa.eu/global-response

    CONTEXTO

    Em 26 de março, numa reunião extraordinária sobre o surto de coronavírus, o G20 acordou no lançamento de uma iniciativa mundial sobre a preparação e a resposta à pandemia, a fim de «atuar como uma plataforma de financiamento e de coordenação universal, eficiente e sustentada com vista a acelerar o desenvolvimento e a administração de vacinas, testes de diagnóstico e tratamentos.»

    Em 24 de abril, a OMS e um primeiro grupo de atores mundiais no domínio da saúde lançaram uma colaboração histórica global que visa acelerar o desenvolvimento, a produção e o acesso equitativo universal às novas tecnologias da saúde essenciais na luta contra a COVID-19. Este grupo inclui: a Fundação Bill and Melinda Gates (BMGF), a Coligação para a Inovação na Preparação para Epidemias (CEPI), a Aliança Mundial para a Vacinação e a Imunização (GAVI), o Fundo Mundial, a UNITAID, o Wellcome Trust e o Banco Mundial. Em conjunto, estamos empenhados em alcançar o objetivo comum de garantir em todo o mundo um acesso equitativo e universal a instrumentos inovadores para combater a COVID-19. Leia o apelo conjunto à mobilização aqui.

    Para responder ao apelo conjunto à mobilização lançado pelos atores do setor da saúde, a UE associa-se a França, à Alemanha, ao Reino Unido, à Noruega e à Arábia Saudita para organizar uma conferência de doadores. Dá assim seguimento ao anúncio feito pela Presidente Ursula von der Leyen em 15 de abril de que a Comissão iria organizar uma conferência de doadores em linha destinada a angariar fundos para o desenvolvimento de uma vacina contra a COVID-19.

    Paralelamente, a Comissão está a autorizar centenas de milhões de EUR destinados a medidas de investigação e inovação com vista ao desenvolvimento de vacinas, novos tratamentos, testes de diagnóstico e sistemas médicos para impedir a propagação do coronavírus.

    Para mais informações:

    Sítio Web da Resposta Mundial ao Coronavírus

    Perguntas e respostas: Resposta Mundial ao Coronavírus

    Resposta à crise do coronavírus