Pacto Ecológico “possível se cada um de nós colaborar”

    24 Fevereiro, 2020 115

    O Pacto ecológico Europeu – neutralização climática em 2050 – é ambicioso mas só pode ser concretizado se “cada um de nós colaborar” com novos comportamentos – esta foi a conclusão da Sessão World Café realizada hoje, dia 21 de Fevereiro, na Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV).

    Esta jornada incluiu a realização de um “peddypaper” na Escola profissional Amar Terra Verde em que participaram 40 alunos da EPATV. Alunos dos cursos de Eletrotecnia, Eletrónica Automação e Computadores, Design Gráfico, Cozinha/Pastelaria, Restaurante/Bar, Geriatria e Esteticista, enquadrados pelos professores Palmira Moreira, Sónia Vilas Boas e Lúcia Lopes participaram ativa e entusiasticamente nesta sessão realizada na EPATV (Antena de Informação Europeia) e dinamizada pelo Centro de Informação Europe Direct do Minho – CIED Minho, sedeado no IPCA (Instituto Politécnico do Cávado e Ave).

    José Ricardo Sousa, do CIED Minho, convidou os 60 alunos a interagir, através de um inquérito, que colocou o ambiente no topo das suas preocupações, sabendo que Portugal será “muito afetado pela seca e pela erosão costeira, através de estações de Verão mais longas e de Invernos menores”. “Portugal tem muito a fazer na eficiência energética, bem como na mobilidade com transportes públicos menos poluentes” – acrescentou o técnico do CIED Minho.
    As consequências das alterações climáticas já se fazem sentir na biodiversidade.

    Para combater as alterações climáticas, a Europa estabeleceu metas no seu Pacto que inclui a redução de 40% nos gases de estufa, de 32% de reforço de energias renováveis e igual percentagem quanto à eficiência energética para o ano 2030.