Equipas médicas da UE destacadas para Itália

    8 Abril, 2020 128

    Uma equipa europeia de médicos e enfermeiros da Roménia e da Noruega, destacada através do Mecanismo de Proteção Civil da UE, foi enviada para Milão e Bérgamo para ajudar o pessoal médico italiano na luta contra o coronavírus. A Áustria, por seu turno, ofereceu mais de 3 000 litros de desinfetante à Itália através do mesmo mecanismo. A Comissão coordenará e cofinanciará esta assistência europeia.

    Ursula von der Leyen Presidente da Comissão Europeia «Estes enfermeiros e médicos, que deixaram os seus lares para ajudar os seus colegas de outros Estados-Membros, são o verdadeiro rosto da solidariedade europeia. A Europa inteira está orgulhosa de todos vós. A Comissão está a fazer tudo o que está ao seu alcance para ajudar a Itália e todos os nossos Estados-Membros neste momento de extrema necessidade.»

     

     

     

     

     

    Janez Lenarčič, Comissário responsável pela Gestão de Crises «Agradeço à Roménia, à Noruega e à Áustria o apoio que prestam à Itália num momento tão difícil para todo o continente. Isto ilustra a solidariedade da UE em ação. O Centro de Coordenação de Resposta de Emergência da UE está a trabalhar ininterruptamente com todos os Estados-Membros para garantir que a ajuda seja enviada para onde é mais necessária».

     

     

     

    O sistema de satélites Copernicus da UE foi também ativado pela Itália para fazer um inventário das instalações de saúde, bem como dos espaços públicos durante a emergência do coronavírus.

    Além disso, a Itália recebeu ontem um carregamento de equipamento de proteção individual coordenado através do Centro de Coordenação de Resposta de Emergência da UE. Vários Estados-Membros da UE também enviaram à Itália equipamento de proteção, como máscaras, fatos de proteção e ventiladores e receberam doentes italianos para tratamento nos seus países.

    Contexto

    Parte da equipa médica norueguesa já tinha sido destacada em dezembro do ano passado, através do Mecanismo de Proteção Civil da UE, de que a Noruega é membro de pleno direito, para combater o surto de sarampo em Samoa.

    O Centro de Coordenação de Resposta de Emergência está no cerne do Mecanismo de Proteção Civil da UE e coordena a prestação de assistência aos países afetados por catástrofes, fornecendo nomeadamente bens de emergência, competências especializadas, equipas de proteção civil e equipamento especializado. O centro assegura a rápida mobilização do apoio de emergência e funciona como uma plataforma de coordenação entre todos os Estados-Membros da UE e os outros seis países participantes, o país afetado e os peritos em matéria de proteção civil e ajuda humanitária.

    Para mais informações:

    Ficha de informação sobre o Centro de Coordenação de Resposta de Emergência da UE

    Ficha de informação sobre o Mecanismo de Proteção Civil da UE