Ambiente foi destaque em conversa informal organizada pelo CIED Minho

    12 Outubro, 2020 5

    No dia 9 de outubro, o Centro de Informação Europe Direct do Minho, um projeto da responsabilidade do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, em colaboração com a Representação da Comissão Europeia em Portugal, organizou uma atividade sobre a temática “Fundos de Coesão: Plano de Ação para uma maior sustentabilidade ambiental”.

    A atividade contou com a presença de Tomás Salazar Brier, em representação da Comissão Europeia; Isabel Estrada Carvalhais, Deputada ao Parlamento Europeu; e ainda Alexandra Roeger, do Município de Esposende. A atividade consistia numa conversa informal sobre os benefícios do fundo de coesão para a região do Minho.

    Cada orador teve a possibilidade de abordar estes benefícios através das diferentes perspetivas em evidência no evento. Tomás Salazar Brier realçou a importância dos fundos de coesão para implementar políticas ambientais mais eficientes, e teve a possibilidade de fornecer algumas ideias sobre como os empreendedores podem beneficiar dos fundos estruturais. Por sua vez, Isabel Estrada Carvalhais abordou a importância de implementar valores ambientais nos modelos de negócio e como estes podem melhorar a coesão territorial e social. Por último, mas não menos importante, Alexandra Roeger abordou a importância dos fundos de coesão a nível local e apontou alguns casos de boas-práticas sobre como os cidadãos do concelho de Esposende têm beneficiado destes fundos de coesão.

    Esta atividade também serviu para responder algumas questões por parte do público. Graças a esta possibilidade os cidadãos ficaram a conhecer um pouco melhor o Plano de Ação para uma economia circular – uma aposta por parte da Comissão Europeia para evitar o consumismo desenfreado e a sustentabilidade ambiental.

    Para ver o evento de forma integral, poderá fazê-lo através deste link