Para usufruir de todas as funcionalidades deste site necessita de ter o Javascript activado!

Conferência de Paris sobre o clima de 30 de novembro a 11 de dezembro

segunda-feira , 30 Novembro 2015

Conferência de Paris sobre o clima de 30 de novembro a 11 de dezembro

De 30 de novembro a 11 de dezembro decorre em Paris a 21ª Conferência das Nações Unidas sobre o clima (COP21).
A União Europeia está representada na conferência, pelo seu Presidente da Comissão, Jean-Claude Juncker, e o Comissário responsável pela pasta Ação Climática e Energia, Miguel Arias Cañete.
A posição da União Europeia pretende potenciar um acordo global duradouro e dinâmico que acelere a transição mundial para economias hipocarbónicas e capazes de resistir às alterações climáticas, o que contribuirá, não só para reduzir as alterações climáticas e intensificar os esforços das sociedades para se adaptarem aos respetivos impactos, mas também para apoiar o crescimento económico a longo prazo e o desenvolvimento sustentável na UE e a nível mundial.

Posição da UE

O aumento da temperatura média da Terra tem de ser mantido abaixo de 2°C em relação aos níveis anteriores à industrialização, a fim de prevenir os piores impactos das alterações climáticas. Para a UE, o novo acordo deve enviar um sinal claro da determinação dos governos em reduzirem suficientemente as emissões para que, no final do século, o aumento da temperatura se mantenha abaixo do limite acordado. Na perspetiva da UE, um acordo credível deve incluir:

1. Uma visão mundial de objetivo a longo prazo, que sirva de sinal para as partes interessadas, incluindo empresas, investidores e grande público, da determinação em transitar para economias hipocarbónicas;

2. Um mecanismo para avaliar periodicamente os objetivos coletivos e torná-los mais ambiciosos;

3. Um sólido sistema de transparência e de responsabilização para garantir que as partes interessadas possam ter confiança no respeito dos compromissos.


Adaptação

A UE considera que um acordo equilibrado deve ter como elemento central medidas ambiciosas de preparação e reação aos efeitos das alterações climáticas. Tanto a redução das emissões como a adaptação serão essenciais para gerir e reduzir o risco das consequências adversas das alterações climáticas, o que inclui fazer face ao risco de perdas e danos associados aos referidos efeitos.

Saiba mais:

Paris climate change conference

Future global framework

United Nations Framework Convention

Oportunidade histórica para evitar alterações climáticas perigosas


 

 

Sétima - Tecnologias da Informação e Comunicação Lda