Para usufruir de todas as funcionalidades deste site necessita de ter o Javascript activado!

Painel sobre transportes na UE revela melhoria dos transportes nos Estados-Membros

segunda-feira , 23 Novembro 2015

A Comissão Europeia publicouesta semana a segunda edição do painel sobre transportes na UE, que compara o desempenho dos Estados-Membros no que diz respeito a 29 categorias de transporte. O objetivo do painel é ajudar os Estados-Membros a melhorar os sistemas de transporte nacionais mediante a indicação dos domínios que devem ser objeto de medidas e de investimentos prioritários. Tornar os transportes europeus mais eficientes e sustentáveis contribui quer para a criação de uma união da energia dotada de uma política climática virada para o futuro quer para o aprofundamento do mercado interno, que são duas das prioridades da Comissão Europeia.

A Comissária responsável pelos transportes, Violeta Bulc, declarou a este respeito: «O painel de 2015 confirma o dinamismo do setor europeu dos transportes. Congratulo-me com os importantes progressos realizados no último ano, por exemplo, a nível da qualidade das infraestruturas e da abertura dos mercados do frete ferroviário. O painel também indica as medidas que ainda devem ser tomadas para criar postos de trabalho no setor dos transportes e para melhorar a sua sustentabilidade.»

O painel baseia-se em dados procedentes de uma série de fontes (Eurostat, Agência Europeia do Ambiente, Fórum Económico Mundial, etc.). A Comissão aperfeiçoou os indicadores e melhorou a apresentação gráfica do painel relativamente à sua primeira edição (IP/14/414). A partir desta edição será igualmente possível seguir os progressos realizados pelos vários Estados-Membros. De uma forma geral, registam-se progressos significativos em comparação com a primeira edição do painel.

Os Países Baixos encontram-se no topo da classificação, com pontuações elevadas em 16 das categorias de transportes em apreço, seguidos pela Suécia, a Finlândia, o Reino Unido e a Dinamarca. A ficha relativa a Portugal está disponível aqui.

O painel pode ser consultado por país ou por um dos seguintes temas:

  • Mercado interno (indicadores relativos à abertura do mercado ferroviário, processos judiciais pendentes sobre infrações ao direito europeu, taxa de transposição para o direito nacional das diretivas da UE em matéria de transportes, etc.);
  • Investimentos e infraestruturas (qualidade das infraestruturas no que se refere aos diferentes modos de transporte, taxas de conclusão da rede transeuropeia de transportes - RTE-T, etc.);
  • União da Energia e inovação (quota-parte das energias renováveis no consumo de combustível no setor dos transportes, novos veículos movidos a combustíveis alternativos e tempo gasto pelos condutores em engarrafamentos, etc.);
  • Pessoas (segurança rodoviária e ferroviária, mão-de-obra feminina no setor dos transportes, satisfação dos consumidores no que se refere aos diferentes modos de transporte, etc.).

Nos quadros que compõem o painel, os cinco melhores desempenhos estão assinalados a verde e os cinco piores desempenhos a vermelho. O quadro seguinte ilustra a frequência com que cada país figura entre os melhores e piores desempenhos. A classificação geral é calculada subtraindo as classificações negativas das positivas:


Estados-Membros

Entre os 5 melhores

Entre os 5 piores

Classificação geral

NL

16

1

15

SE

13

3

10

FI

12

3

9

UK

11

3

8

DK

9

2

7

DE

9

4

5

EE

12

8

4

AT

6

2

4

LV

8

5

3

FR

6

3

3

LU

6

3

3

MT

6

3

3

IE

6

4

2

ES

8

7

1

SI

7

6

1

SK

5

4

1

PT

4

4

0

LT

8

9

-1

BE

5

6

-1

HU

5

7

-2

CZ

2

4

-2

CY

5

8

-3

BG

6

10

-4

HR

4

9

-5

IT

4

10

-6

EL

1

9

-8

PL

3

14

-11

RO

3

15

-12


Mais informações

Para mais informações por país, ver MEMO/15/6118.

Siga-nos no Twitter:

@Bulc_EU

@Transport_EU

 

Sétima - Tecnologias da Informação e Comunicação Lda