Para usufruir de todas as funcionalidades deste site necessita de ter o Javascript activado!

UE e Setor Industrial vão investir 22 mil milhões de euros em investigação e inovação

quarta-feira , 10 Julho 2013

 

A Comissão Europeia, os Estados-Membros e o setor industrial da UE vão investir mais de 22 mil milhões de euros nos próximos sete anos em inovação em setores que criam empregos altamente qualificados.

A maior parte do investimento será canalizado para cinco parcerias público-privadas na área dos medicamentos inovadores, da aeronáutica, das bioindústrias, das pilhas de combustível e hidrogénio e da eletrónica.

Estas parcerias de investigação reforçarão a competitividade da indústria europeia em setores que já garantem mais de 4 milhões de postos de trabalho. Procurarão também encontrar soluções para os grandes desafios que se colocam à sociedade e aos quais o mercado por si só não dá uma resposta rápida, tais como a redução das emissões de carbono ou o fabrico da próxima geração de antibióticos (MEMO/13/669). O pacote também propõe o alargamento de uma iniciativa que visa reunir os investimentos em investigação e inovação no domínio da gestão do tráfego aéreo, em apoio do Céu Único Europeu (IP/13/664).

Em termos gerais, o investimento proposto de 8 mil milhões de euros provenientes do próximo programa de investigação e inovação da UE, o Horizonte 2020, mobilizará cerca de 10 mil milhões de euros da indústria e quase 4 mil milhões de euros dos Estados-Membros da UE.

As cinco parcerias público-privadas, denominadas «Iniciativas Tecnológicas Conjuntas» (ITC), são as seguintes:

Medicamentos inovadores 2 (IMI2): desenvolver a próxima geração de vacinas, medicamentos e tratamentos, como novos antibióticos (Link to factsheet)

Pilhas de Combustível e Hidrogénio 2 (FCH2): aumentar a utilização de tecnologias limpas e eficientes nos transportes, na indústria e na energia (Link to factsheet)

«Clean Sky 2» (CS2): conceber aviões mais ecológicos e mais silenciosos que permitam reduzir significativamente as emissões de CO2 (Link to factsheet)

Bioindústrias (BBI): utilizar os recursos naturais renováveis e tecnologias inovadoras para fabricar produtos do dia a dia mais ecológicos (Link to factsheet)

Componentes e sistemas eletrónicos (ECSEL): aumentar as capacidades de fabrico de eletrónica da Europa (Link to factsheet e MEMO/13/673)

Contextualização

As ITC estão abertas a um vasto leque de empresas de toda a Europa, incluindo PME, e todos os tipos de organismos de investigação podem candidatar-se a financiamento. A Comissão concebeu as novas iniciativas em estreita parceria com a indústria, que, por sua vez, lhes afetou recursos financeiros substanciais. Para responder às críticas de que as iniciativas atuais são demasiado complexas e tornam difícil a participação, foram introduzidas grandes modificações.

As ITC sobre medicamentos inovadores, céu limpo e pilhas de combustível e hidrogénio já existem atualmente, e a ITC sobre eletrónica combinará duas parcerias atuais. A ITC sobre bioindústrias é uma nova iniciativa. São agora necessárias novas propostas legislativas para consagrar as iniciativas no âmbito do próximo programa de investigação e inovação da UE, o Horizonte 2020, que aguarda a aprovação do Parlamento Europeu e do Conselho.

O pacote inclui também quatro parcerias público-públicas entre a Comissão Europeia e os Estados-Membros da UE: novos tratamentos contra as doenças relacionadas com a pobreza, tecnologias de medição para a competitividade industrial, apoio para as PME de alta tecnologia, bem como soluções para que os idosos e os deficientes vivam em segurança nas suas casas.

A Comunicação da Comissão que acompanha as propostas legislativas também esclarece o modo como a Comissão tenciona reforçar a participação da indústria no Horizonte 2020 através de novas parcerias público-privadas, por exemplo nos domínios dos automóveis respeitadores do ambiente, dos edifícios eficientes do ponto de vista energético, das fábricas do futuro, das indústrias transformadoras sustentáveis, da robótica e da fotónica.

Saiba mais:

Comunicação

Programa Horizonte 2020

 

Sétima - Tecnologias da Informação e Comunicação Lda