Para usufruir de todas as funcionalidades deste site necessita de ter o Javascript activado!

Carta de presidente do Chipre domina reunião do Eurogrupo

quinta-feira , 20 Junho 2013

Segundo notícia hoje publicada na TSF, o ponto central da reunião de hoje dos ministros das finanças da zona euro passa pela análise dos argumentos de Nicos Anastasiades numa carta divulgada esta semana.

O diagnóstico do ajustamento português não vai estar hoje na agenda do Eurogrupo, na reunião que acontece no Luxemburgo.

Os ministros das finanças da zona euro vão debater a situação da Grécia, Espanha e em particular de Chipre.

A carta enviada pelo presidente cipriota às autoridades europeias, na qual Nicos Anastasiades pede a total reformulação do resgate de 10 mil milhões de euros, vai estar em cima da mesa.

Os 17 ministros vão ter de analisar os argumentos do chefe de Estado que aponta o sufoco a que a economia da ilha está a ser conduzida, com uma recessão profunda.

Na carta divulgada esta semana pelo Financial Times, Anastasiades aponta a falta de cuidado na preparação do resgate decidido em março como uma das razões que tem levado à deterioração da economia, ao consequente aumento do desemprego e a uma dificuldade cada vez maior para a consolidar as finanças do país.

Fontes do eurogrupo contactadas pela TSF, em Bruxelas, afirmaram que o assunto não passou pelos comités de preparação da reunião dos ministros das finanças, no entanto, o pedido do presidente cipriota vai ser analisado.

O presidente pede que as condições do resgate sejam revistas e que seja encontrada uma solução de longo prazo para Chipre.


 

 

Sétima - Tecnologias da Informação e Comunicação Lda