Para usufruir de todas as funcionalidades deste site necessita de ter o Javascript activado!

Ação informativa “Europa para os Jovens” e entrega de prémios do concurso “Empreender e Inovar na UE”

segunda-feira , 4 Março 2019

Ação informativa “Europa para os Jovens” e entrega de prémios do concurso “Empreender e Inovar na UE”

 

Ação informativa “Europa para os Jovens” e entrega de prémios do concurso “Empreender e Inovar na UE”

O Centro de Informação Europe Direct do Minho (CIED Minho) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) dinamizou, a 22 de fevereiro,  uma ação informativa no IPCA - Polo de Braga, cujo tema foi "Europa para os Jovens", com a presença do eurodeputado José Manuel Fernandes, pelas 15 horas. Dar a conhecer as mais-valias da pertença à União Europeia (UE), ao mesmo tempo que se pretendia dissipar dúvidas ou questões dos presentes em relação ao projeto europeu, foram os objetivos desta ação informativa.

“As questões europeias também nos dizem respeito e são muito importantes”. A ideia foi defendida, pelo eurodeputado José Manuel Fernandes. Agarrando o tema ‘Europa para os jovens’, José Manuel Fernandes protagonizou uma sessão interativa onde recordou aos jovens que “é essencial continuarmos a defender a UE como projecto de integração”. Também o vice-presidente do IPCA, Agostinho Silva, referiu que “os jovens têm que perceber a grande mais-valia de estar na UE”.

A coordenadora do CIED Minho, Alzira Costa, apelou à participação dos jovens nas eleições europeias, fazendo referência ao “papel crucial dos jovens enquanto agentes ativos e multiplicadores para a transmissão de uma mensagem positiva no que diz respeito não só à cidadania, mas também para as oportunidades que a UE apresenta aos mais jovens”.

Na sessão, procedeu-se ainda à entrega dos prémios do concurso Empreender e Inovar, à entrega pelos “mecenas” do concurso: Primavera BSS, Porminho e Pizarro SA.

O primeiro classificado neste concurso é André Santos, com o Projecto FreeO, e recebeu 1200 euros. O segundo classificado é Marta Pombeiro, com o Projeto Sensorial, e foi contemplada com um prémio de 700 euros. O terceiro classificado é o Projeto Reconto da Vila, de Marta Carneiro, Ana Reis e Ana Dias, que recebeu 500 euros. Além de prémios monetários, os vencedores do concurso serão também contemplados com uma viagem a Bruxelas, a realizar no início de abril, com o objetivo de apresentar os seus projetos no Parlamento Europeu.

José Manuel Fernandes afirmou que “o empreendedorismo deveria começar na própria escola que, muitas vezes formata os jovens sem ter em conta as mudanças permanentes do mundo de hoje”. Neste contexto, o eurodeputado defendeu que “só podemos ter melhores salários e melhor Estado Social se tivermos uma economia forte, onde haja gente empreendedora e onde se faça inovação e investigação”.

O vice-presidente, Agostinho Silva, em nome do IPCA, manifestou a honra da instituição em ter participado neste concurso, destacando as três ideias empreendedoras premiadas que “demonstram que os nossos jovens são capazes de inovar ao nível de qualquer outro país”. Destacou ainda a importância da “responsabilidade social das empresas” que patrocinaram o concurso e suportaram os prémios monetários, destacando a sua disponibilidade “para apoiar o empreendedorismo destes jovens”.

Apadrinhado pelo eurodeputado, este concurso foi uma iniciativa do CIED do IPCA, do jornal Correio do Minho e da rádio Antena Minho.

 

 

Sétima - Tecnologias da Informação e Comunicação Lda