Para usufruir de todas as funcionalidades deste site necessita de ter o Javascript activado!

Sobem os montantes enviados para países fora da UE por residentes na União

terça-feira , 20 Novembro 2018

Em 2017, os fluxos de “dinheiro” enviado por residentes da União Europeia (UE) para países fora da UE, chamadas transferências pessoais, atingiram de 32,7 mil milhões, em comparação com os 31,8 mil milhões de euros em 2016. Os fluxos de entrada para a UE alcançaram 10,7 mil milhões de euros em 2017, em comparação com 10,1 mil milhões de euros em 2016. O resultado foi um saldo negativo (22 mil milhões de euros) para a UE com o resto do mundo. A maior parte das transferências pessoais comportam em fluxos de dinheiro enviado por migrantes para o seu país de origem.

 

 

Sétima - Tecnologias da Informação e Comunicação Lda